Tenho TOC, o que fazer? – Transtorno Obsessivo Compulsivo

Toc…. mas que raio afinal é esse tal de TOC??? A sigla Toc significa ao pé da letra “Transtorno Obsessivo Compulsivo”, e como o próprio nome diz, os seus principais sintomas são obsessões seguidas de compulsão… isso pode ser desde coisas como pensamentos e medos irracionais (obsessão) como manias e rituais que devem ser feitos antes, durante ou depois de uma determinada ação… também há as manias e as compulsões por limpeza, organização, etc. Não deve ser confundida uma simples mania com uma mania de toc… a mania de TOC é sempre igual… tem que ser feito tudo da mesma maneira, pelo mesmo trajeto, pelo mesmo horário, com as mesmas posições, cores iguais, números pares ou ímpares…

O TOC era considerado raro até a pouco tempo, e é um transtorno mental bastante comum, acometendo aproximadamente um em cada 40  a 60 indivíduos ou ao redor de 2,5% das pessoas ao longo da vida, ou ao redor de 1% em determinado momento. No Brasil, é provável que existam ao redor de 2 milhões de indivíduos com o transtorno. Seu início em geral é na adolescência mas, não raro, na infância. Os sintomas podem ser de intensidade leve, mas não raro são muito graves e até incapacitantes. O TOC tende a ser crônico, com os sintomas crescendo ou diminuindo de intensidade ao longo do tempo. Se não tratado pode acompanhar o indivíduo ao longo de toda a sua vida, pois raramente melhora espontaneamente.

Uma mania de TOC, se contrariado ou não cumprido determinada necessidade compulsiva, a pessoa tem sua mente invadida por sucessões de pensamentos ruins e negativos, pensa em catástrofes, acidentes, mortes, perseguições, etc…

Nem todas as pessoas, mas a grande maioria que sofrem com TOC, possuem momentos de grande tensão e medo, incertezas e inseguranças. Medo do desconhecido, medo do novo, medo de exames, medo do que as pessoas acham delas…

É comum, ver alguém com TOC, conferindo centenas de vezes se a porta está fechada.

Segundo a medicina Tradicional Alopática, o TOC é tratado através de Ansiolíticos e Inibidores da Serotonina + Anti-depressivos. Já falamos aqui no site a respeito do Anti-depressivo de maior Utilização (se quiser rever a matéria, clique aqui.) A Serotonina que a medicina tenta inibidir em seu organismo, atua no sistema cardiovascular, musculatura lisa e promove a agregação plaquetária (cicatrização), bem como controle de níveis de depressão , ansiedade, sono, medo e percepção à dor, ou seja, trocando em miúdos….. Inibindo a serotonina vai resolver 1 sintoma e criar mais umas 10 patologias a mais, e para os principais sintomas criados, eles entram com o Anti-depressivo e Ansiolítico, que cada um deles vai resolver (mais ou menos) esse sintoma e criar mais 10 patologias sintomáticas cada um deles!

E aí entra a bola de neve da Industria Farmacêutica… você vai para o resto da vida se tornar escravo(a) deles, mês a mês deixando uma porção do seu salário nas farmácias e cada 6 ou 12 meses aumenta 1 medicamento…

Na terapia Homeopática, quando bem aplicada conforme as leis de Hahnemann, possui sua ação medicamentosa espetacular, com resultados definitivos já nos primeiros dias. Sem nenhum efeito colateral, sem mais nenhuma patologia sintomática… é um tratamento que seu prazo depende muito de pessoa para pessoa, mas é de qualquer forma um pouco mais longo por se tratar de uma Psicopatologia, mas já nos primeiros dias promove uma melhoria significativa.

Se você se identificou ao menos com parte deste artigo, e está querendo se curar de verdade sem piorar ou criar outros sintomas, dê uma oportunidade de tratamento natural, orgânico e sem drogas-químicas. Na terapia homeopática, você vai se surpreender com a rapidez de resposta e eficiência do tratamento.

Escreva para: homeopatia@emmanuelphilippe.com.br e agende um bate-papo ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *